Foto da Comunidade

 


 

Jean Vanier e Marie Hélène Mathieu

 

O Movimento Fé e Luz é um movimento de leigos, fundado em França por Jean Vanier (fundador da “Arche”) e Marie Hélène Mathieu (Educadora especializada em trabalho com pessoas com deficiência) nas últimas décadas do séc. XX.

A ideia do Movimento começou com a situação dolorosa de uma família francesa com dois filhos, com uma deficiência grave, que desejava fazer uma peregrinação a Lourdes. Tendo sido impedida de participar na peregrinação diocesana, fizeram-na isoladamente, tendo sido também rejeitados por quase todas as hospedarias e hotéis de Lourdes.

Assim nasceu a ideia de criar uma peregrinação a Lourdes para famílias com pessoas com deficiência mental. Durante três anos pequenas comunidades organizam-se e preparam o grande acontecimento que vem a ser a Peregrinação Internacional a Lourdes em 1971.

Jean Vanier  Marie Hélène Mathieu

Jean Vanier e Marie Hélène Mathieu

 

A base de todo o Movimento, ainda hoje, são as comunidades com uma dimensão até 50 pessoas, constituídas por pessoas com deficiência mental, seus pais, irmãos e amigos, especialmente jovens, que realizam um encontro mensal. Actualmente, o Movimento Fé e Luz está implantado nos 5 continentes, onde existem cerca de 1648 comunidades em 79 países.

A nível nacional, o Movimento tem um Conselho Provincial que se reúne duas vezes por ano e é composto pelo Coordenador Provincial, por um ou dois Vice-Coordenadores provinciais, dependendo do número de comunidades e pelo Capelão Provincial., todos eleitos por mandatos de três anos, num total máximo de tês mandatos. Em Portugal, a Coordenadora Provincial é a Olga Grilo, da comunidade de Nª Sra. de Fátima em Évora, o Vice-coordenador é o Ricardo Rodrigues, da comunidade de Vermoim, na Maia e o Capelão é o Padre Fernando Rosas, atualmente pároco em S. Pedro da Cova.

É preocupação do Movimento que todas as comunidades estejam integradas nas paróquias para que se possa fomentar a integração das pessoas com uma deficiência mental nos seus contextos naturais e, em especial, na Igreja.
O objectivo não é o de criar estruturas de protecção social, mas sim a criação de uma rede de suporte informal de proximidade que se articula e interage com as respostas sociais formais existentes. Inovadora é ainda a atenção especial dada aos irmãos e não só aos pais, e a criação de um meio favorável – a pequena comunidade - para o desenvolvimento de um papel e valorizador da experiência única de partilhar a vida com uma pessoa diferente nas suas capacidades intelectuais.
Em Portugal o Movimento está reconhecido nas Dioceses de Lisboa, Porto, e Braga.

 

Aniversário dos 20 anos da comunidade

No dia 25 de Abril de 1993 a Com. Fé e Luz da Nª Sra. D’Ajuda fez o seu primeiro encontro no refeitório do Centro Social que tinha sido inaugurado há pouco tempo. Desde esse dia muito caminho se percorreu. Muitas pessoas entraram, outras saíram e muitas mantiveram-se firmes durante estes 20 anos. Algumas partiram para junto do Pai, deixando connosco a saudade mas também a alegria da recordação e a certeza de que estão a olhar por nós.


Apareceram alguns obstáculos que no nosso jeito simples fomos conseguindo contornar, mas também tivemos muitas alegrias. Fizemos muitas formações, passeios, peregrinações, campos de férias, encontros…, e todos serviram para que cada um de nós se sentisse mais unido a esta grande família que é Fé e Luz. A partilha com os amigos especiais é única, amor que se dá e que se recebe também é único, como é único o amor de Deus.

Vinte anos depois, quisemos celebrar o nosso aniversário dando graças a Deus, e assim o fizemos na celebração das 11h15, do dia 28 de Abril, celebrada pelo Padre Artur Jorge e em partilha com a comunidade paroquial onde estamos inseridos. Celebramos também com grande alegria, a 1ª comunhão do nosso amigo Frederico que desde Outubro se tem vindo a preparar para este grande dia. Foi uma celebração muito bonita e emotiva.
Depois tivemos um almoço partilhado em comunidade e às 15h30 começaram a chegar para a festa, as outras comunidades do Fé e Luz da região norte. De tarde tivemos uma pequena peça de teatro mimada pelos amigos especiais e o lanche, onde reinou a alegria, como é hábito sempre que estamos juntos. Por volta das 18 horas a festa terminou e todos se despediram com um “Até breve”, pois sendo Fé e Luz uma grande família, qualquer pretexto serve para nos juntarmos e assim celebrarmos a alegria do amor de Deus.


Artigo Movimento Fé e Luz

feeluzlogo

Logótipo da Comunidade de Fé e Luz de N.ª Sr.ª d'Ajuda